Ponto de Vista
É relativo

Obstáculos aparecem para todos o tempo todo, individualmente ou não, e é o caminho que tomamos para superá-los que determina o nosso caráter e a nossa grandeza. Ter um ponto de vista não é o bastante; ter o ponto de vista correto, sim.

Who?
Um de um todo.

Eu sou um monte de coisas, e coisa nenhuma... Eu prezo os meus amigos, a lealdade entre eu e eles e almejo uma vida ideal com uma moça ideal (como se isso fosse algo inédito pra alguém) Nome: Victor Augusto Cardoso Osório.

More?

Andando pra pensar
São, neste mundo louco.

Chiku no Genkaku
Strange Performed
Ouvir Lune
Vaso de Planta

Sinta-se livre para divulgar
Sinta-se livre.




À nostalgia
E ao desenvolvimento contínuo.

Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Outubro 2008
Dezembro 2008
Fevereiro 2009
Maio 2009
Agosto 2009

Considerações finais(finais?)
Meu céu.

O B R I G A D O


Humans Everywhere
When? quarta-feira, 26 de agosto de 2009


A vida não é um milagre.
Nem um feliz acaso.

É somente tão difícil para nós, pobres humanos, entendermos que o universo não deve existir há apenas 14 bilhões de anos;
Que tempo é algo completamente irrelevante para o que não tem vida...
E que se havia a mínima, minúscula, praticamente nula chance de um big bang acontecer, o universo, sem pressa nenhuma, esperou acontecer.





Há uma grande, porém sutil, diferença entre estar vivo e viver...

Humanos vivem de alegrias e decepções - buscam as alegrias, e se decepcionam quando não encontram.

Humanos vivem do medo e de enfrentar seus medos - medo de se decepcionar, e têm esperanças de que vão encontrar a alegria alguma hora, de alguma forma, em algum lugar(e, se encontram, temem perdê-la).

Humanos são crentes descrentes - crêem no que lhes convém e não necessariamente no que é verdade.
São dois lados da mesma moeda: quem acredita em si mesmo, não vê esperança na humanidade, e quem acha que esta tem salvação, acredita em algo além dele próprio (se a moeda ficar em pé, como há uma remota, mas existente, chance, é porque não se acredita em nenhum dos dois - e provavelmente é um suicida).

Humanos vivem em sociedade, mas esperam algo em troca sempre que fazem um sacrifício por algo ou alguém. Aqueles que agem diferente, são logo taxados de imaturos e sonhadores.

Humanos descobrem desde cedo a honestidade, e como é mais fácil e lucrativo ignorá-la.

Humanos se estressam com as tarefas que eles mesmos criam, buscando desenvolvimento e sustento, e vão atrás, nos fins de semana, de praias, florestas e montanhas, onde possam encontrar a natureza que eles mesmos destróem, a natureza que eles mesmos têm abandonado, e que sempre os acolhe com ternura e expurga o stress cotidiânico.

Humanos chegaram à Lua, enviaram suas luzes engraçadas a Marte... É bom. Quando este planeta não tiver mais nada a oferecer, simplesmente pulamos pro próximo, como uma praga de gafanhotos indo de uma plantação à outra.

Humanos sentem dor, temem a dor, mas causam aos outros...

Humanos sentem fome, temem a fome, e acham uma pena aquelas crianças morrendo na África, que aparecem no jornal e nos livros de geografia. Uma pena.

Poucos amam, muitos odeiam... todos sabem como amar é bom, e como odiar é ruim...

Pense mais...

E se liberte.

Rach was here. -
23:09


9 Comentários:

Anonymous Kih disse...

Mais uma vez impressionada. Estava Online no orkut quando recebi seu scrapp, mas estava estudando e acabei deixando para ler o texto quando estivesse mais tranquila, para apreciar.

Seu blog deveria ser divulgado, seus textos deveriam ser guardados eternamente... um perfil de orkut é pouco. Um dos textos que mais amei seus foi o ateísta. Não sei dizer qual foi melhor, este de agora ou o outro.

Poucas pessoas possuem um ponto de vista como o nosso, tornando difícil a divulgação. u.u

Gênios nunca são corretamente idolatrados em suas épocas. Lembre-se disso. :DD

10 de setembro de 2009 11:26  
Blogger Sass disse...

Que lindo, Rach.

Humanos são mesmo criaturas muito incompreensíveis. ):

11 de setembro de 2009 18:39  
Blogger nandoca_lima disse...

Bonito texto! Concordo com boa parte. Mas é muito mais legal viver na honestidade!! =]

22 de setembro de 2009 13:52  
Blogger Rach disse...

É mais gratificante, indeed. Saber que o que você tem é fruto do seu esforço, da sua coragem, das suas habilidades, e não das dos outros.
Honestidade pode não ser o caminho mais fácil, mas a vida também não é, e no entanto a gente vive...

23 de setembro de 2009 00:48  
Blogger Rach disse...

E se diverte |D

23 de setembro de 2009 00:49  
Blogger Lala. disse...

Poxa Rach Que lindo ! Muito muito lindo mesmo ! Tipo... Nós buscamos coisas que abdicamos em algum momento de nossa vida.

Open mind ! :D

21 de novembro de 2009 10:14  
Blogger Yargo Mazoto disse...

Eu tinha orgulho de ser humano.

Tinha.

24 de novembro de 2009 12:34  
Anonymous Anônimo disse...

Rach,

Mais uma vez entro prá dar um recado, vc é sensacional, sou seu fã de carteirinha há quase 23 anos (23? desde a barriga de sua mãe!!!).
Confio em vc, mas não coloque seu boné onde sua mão não alcança! A menos que vc use um apoio! (não se esqueça de mim nessa hora)

Vida longa e próspera!
Klasblah!

Cê sabe quem eu sou e basta!

30 de janeiro de 2010 11:05  
Blogger Rach disse...

Você não fez muito esforço em esconder.. XD

Deixo o boné por perto, pode deixar... =]

1 de fevereiro de 2010 14:19  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial