Ponto de Vista
É relativo

Obstáculos aparecem para todos o tempo todo, individualmente ou não, e é o caminho que tomamos para superá-los que determina o nosso caráter e a nossa grandeza. Ter um ponto de vista não é o bastante; ter o ponto de vista correto, sim.

Who?
Um de um todo.

Eu sou um monte de coisas, e coisa nenhuma... Eu prezo os meus amigos, a lealdade entre eu e eles e almejo uma vida ideal com uma moça ideal (como se isso fosse algo inédito pra alguém) Nome: Victor Augusto Cardoso Osório.

More?

Andando pra pensar
São, neste mundo louco.

Chiku no Genkaku
Strange Performed
Ouvir Lune
Vaso de Planta

Sinta-se livre para divulgar
Sinta-se livre.




À nostalgia
E ao desenvolvimento contínuo.

Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Outubro 2008
Dezembro 2008
Fevereiro 2009
Maio 2009
Agosto 2009

Considerações finais(finais?)
Meu céu.

O B R I G A D O


Friendship...
When? domingo, 28 de outubro de 2007


O caso é a energia. Só em saber que tenho amigos como os que tenho, que rio e choro por eles, e eles o fazem por mim, toda a vida vale a pena. Uma dica para todos os suicidas do mundo: tenham amigos. Não "companheiros"... não "colegas"... mas amigos! Pessoas que são capazes de te deixar feliz só por eles estarem em seu campo de visão. Pessoas que armem as mais improváveis loucuras... O que você, sim, você que lê isto agora.., faria com farinha de trigo, bolas de encher, batom, água, Sukita, tinta (verde e preta), uma pracinha e um punhado de amigos..?
Quer saber qual a sensação de rolar na grama com as pessoas que você ama sem que ninguém te ache um retardado? Quê? Você acha isso algo de alguém retardado? Me chama de maluco? Questiono suas falas... acredito fielmente, que diz isso da boca para fora, e no fundo do seu coração, você ficou curioso e até com um pouquinho de inveja... Porque seus dias são regulados pelo controle remoto da sociedade, e seus objetivos, tanto quanto os seus gostos, estão limitados às especificações dela.
Se um dia eu for algum tipo de.. presidente, ou algo do gênero, eu trabalharia pra criar uma lei que obrigasse todas as pessoas a terem um amigo verdadeiro.. e se pelo menos metade das pessoas do meu país encontrassem, este seria um país muito melhor...

Finalmente: desculpem meu sono, mas não desculpem meus insultos (se houve algum) ... prefiro que vocês reflitam...

Carinhosamente, Rach.

Rach was here. - 6 Comentários
22:52


Química
When? quinta-feira, 25 de outubro de 2007




A delicada estrutura de moléculas que compõe toda a matéria do universo, unida da evolução humana, é capaz de arrancar milhões de vidas em segundos; é capaz de permitir uma interação entre pessoas que têm um mundo inteiro separando-as... e é capaz de produzir todas as substâncias necessárias do meu corpo pra me fazer amar como eu amo.
Uma das principais características do ser humano é a curiosidade, a necessidade de descobrir segredos da natureza. Para alcansar esse objetivo, nem sempre a simples observação é suficiente. Por isso, há séculos o homem vem criando experimentos que simulam os fenômenos naturais. No entanto ainda não é possível criar amor em laboratório. E se, por acaso, fôsse possível? Comercializariam-no..? Venderiam por kilo..? Litro..? Então eu já teria uma fonte de renda bem lucrativa, visto que meu amor é indefinivelmente grande, e aumenta exponencialmente a cada milisegundo.
Feniletilamina, a epinefrina (adrenalina), a norepinefrina (noradrenalina), a dopamina, a oxitocina, a serotonina e as endorfinas, substâncias que meu corpo produz pra me fazer sentir ansiedade, vergonha, saudades, felicidade, fazer minhas mãos suarem, o coração palpitar, a respiração pesar... enfim, ficar como eu fico quando estou com ela.
É só deixar a química fluir...

Rach was here. - 1 Comentários
05:52


Sexta-feira...
When? sexta-feira, 19 de outubro de 2007



Estou realmente cansado, esgotado... sinto um grande peso em meus ombros, em minha alma, para qualquer lado que volte parece que tudo é trevas... exceto um lugar...

Quando eu penso nela... minha mente eleva... meu coração se alegra, e eu durmo tranquilo...

Quando eu penso em todos eles, que também estão naquela direção iluminada, e me lembro das risadas e das brincadeiras, meus olhos se fecham... sou transportado para um mundo distante... (onde os monstros fazem as leis xD) E nesse mundo Não existem dias úteis... apenas sábados e domingos, que se tornam um refúgio seguro da sociedade monótona e circunspecta...

Ela me renova... me dá motivação e inspiração... e eles me agitam, alegram e me compreendem.

Pra vocês... eu tenho todo um coração... creiam, enorme! Pois poucos além de vocês o habita... Vocês facilitam a sobrevivência nesse mundo de adultos...

Rach was here. - 2 Comentários
22:15


Bolha
When? terça-feira, 16 de outubro de 2007


Eu estive criando bolhas.

Usando sapato apertado, notando que está fazendo bolhas, e mesmo assim, continuando a usar os sapatos apertados.


Eu podia ter usado um All Star e evitado as bolhas.

Mas eu ainda amo, e por isso vou continuar a usar os sapatos que amo.


E pra esse sapato que eu amo, digo:

Não importa se você soltar a sola - Eu vou te usar
Não me preocupo se você estiver sujo - Eu vou te usar
Não ligo para os que acham estranho - Eu vou te usar

Eu suportarei o chulé.

Porque eu te amo, meu querido sapato.
And i'll love you always.

Rach was here. - 2 Comentários
22:41


The Beginning
When? domingo, 14 de outubro de 2007


Conversei com Jack Skellington, minha almofada, hoje ao acordar, sobre o quanto ele era sortudo por ser uma almofada... ainda mais uma almofada do Jack... foi algo assim:
- Jack, caro Jack... Você é um cara de sorte... Não precisa esperar por nada nem ninguém, já alcansou seu futuro e agora só resta os abraços das meninas.
- ...(Jack)
- Correto, estou ansioso... Mas sou paciente. Você é paciente Jack..? Gostaria de ser outra coisa? Além de uma almofada?
- ...
- Sim sim... The Pumpkin King... Mas isso você já é. Algo mais?
- ...
- Verdade? Por que?
- ...
- É... mas você conhece os poréns de...
- ...!!!
- o.o' Fato.
- ...
- Obrigado, Jack...
- ...

Jack queria ser eu. E ele me deu todos os motivos para tal.
Obrigado, Jack.

Rach was here. - 1 Comentários
00:27